07.06.2017

Debates da esquerda no mundo: análises e propostas

Newsletter "Debates da esquerda no mundo" - junho de 2017

Caros amigos, caras amigas,

A Fundação Friedrich Ebert (FES) está presente em mais de cem países ao redor do mundo. É com o apoio dessa rede de escritórios que a FES pretende contribuir para o debate plural no campo progressista a nível mundial com análises e propostas.


Vivemos em tempos conturbados, em que muitas estruturas, instituições e normas parecem estar desmoronando. Nesses tempos debilita-se a coesão de nossas sociedades, aumenta-se a polarização social e se agudizam os conflitos - tanto no interior de nossas sociedades como no contexto global. 


No contexto regional, é o conflito na Venezuela que preocupa cada vez mais e que requer também um posicionamento mais firme das forças progressistas. Nessa nova edição do nosso Newsletter, Rafael Uzcátegui, ativista de direitos humanos e jornalista independente da Venezuela, escreve em seu artigo "Venezuela: aikido e direitos humanos" (PDF 1) sobre a deterioração da situação dos direitos humanos e critica o silêncio de grande parte da esquerda ante essa situação.


No cenário global, é a erosão da ordem internacional fundada sobre o direito internacional e o multilateralismo que preocupa. Instituições multilaterais não conseguiram mais se estabelecer como pilar robusto da ordem e da paz mundial. No entanto, observa-se o renascimento da política das grandes potências e a tendência crescente de desligar-se das normas coletivas. Essa situação requer que se intensifique a reflexão e o debate. Por isso, incluímos nesse Newsletter o documento "Promover a paz e tornar a globalização mais justa" (PDF 2), elaborado por integrantes do Grupo de trabalho sobre prevenção civil de crises e gestão civil de conflitos da FES.


Como as turbulências afetam também a aprovação da democracia com suas instituições existentes, gostaríamos de apresentar finalmente o documento "Tirania sem líder" (PDF 3) de Justin Wedes. Neste texto o autor, um dos membros fundadores de "Occupy Wall Street", faz uma reflexão crítica sobre as experiências desse movimento social, com a ideia da "democracia de base" e de não aceitação de lideranças.


Esperamos que os três textos sejam de interesse e desejamos uma boa leitura!

Friedrich-Ebert-Stiftung Brasil

Escritório Brasil

Av. Paulista
2001 - 13º andar - cj. 1313
01311-931 - São Paulo / SP

55 (11) 3253-9090
+55 (11) 3253-3131

fesbrasil(at)fes.org.br


para cima