23.02.2018

Um “mundo fraturado” e uma Esquerda na defensiva

Newsletter “Debates da esquerda no mundo” - Fevereiro de 2018

Caros amigos, caras amigas,

A Fundação Friedrich Ebert (FES) está presente em mais de cem países ao redor do mundo. É com o apoio dessa rede de escritórios e contatos que a FES pretende contribuir para o debate plural no campo progressista a nível mundial com análises e propostas.

Já faz tempo que o novo ano começa com um encontro das elites políticas e econômicas em Davos, Suíça – o tão celebrado pelas mídias Fórum de Davos. Nesse ano, o Fórum se propôs discutir o tema um “futuro compartilhado” em um “mundo fraturado”. Victor Báez Mosqueira, Secretário Geral da Confederação Sindical de Trabalhadores/as das Américas (CSA), lembra em seu artigo O Fórum de Davos ou o fracasso do mundo governado por empresas que são as políticas projetadas e propostas pelo mesmo Fórum que são corresponsáveis pelo “mundo fraturado” que agora assusta aos seus protagonistas.

Aproveitamos lembrar que a partir de 2001 movimentos sociais organizam como contraponto do Fórum de Davos o Fórum Social Mundial, que neste ano vai acontecer entre os dias 13 e 17 de março em Salvador, na Bahia com o lema “Resistir é Criar, Resistir é Transformar”. A FES estará presente no FSM com debates sobre o Futuro do Trabalho, o Direito à Comunicação, a Transformação Social-ecológica, a Participação Política dos Negros e a Justiça Tributária Corporativa (veja programação em nosso site www.fes-brasil.org). 

Esse momento dramático de “um mundo fraturado” está caracterizado também por uma Esquerda na defensiva. Com muita clareza se manifesta essa situação de defensiva atualmente na Socialdemocracia alemã. Depois das eleições do ano passado - com seu pior resultado da era pós-guerra - o Partido Social-Democrata da Alemanha (SPD) enfrenta o duplo desafio de encaminhar um processo de renovação em um contexto sócio-político transformado, por um lado, e de responder, por outro lado, a sua responsabilidade governamental. Wolfgang Merkel, Diretor do Departamento de “Democracia e Democratização” reflexiona em seu artigo A tarefa que o SPD tem pela frente sobre os elementos a considerar nessa situação desafiante.

Esperamos que os textos aqui apresentados sejam de seu interesse e desejamos uma boa leitura!

Equipe FES Brasil

Friedrich-Ebert-Stiftung Brasil

Escritório Brasil

Av. Paulista
2001 - 13º andar - cj. 1313
01311-931 - São Paulo / SP

55 (11) 3253-9090
+55 (11) 3253-3131

fesbrasil(at)fes.org.br


para cima